Polícia

Polícia prende homem e detém adolescente por morte de compositor em Cajazeiras

A polícia prendeu nesta quarta-feira (8), no bairro de Cajazeiras, um homem e apreendeu um adolescente por suspeita de participarem da morte do cantor e compositor Felipe Yves, na última segunda-feira (6). De acordo com informações da Polícia Civil, a dupla, que não teve a identidade revelada, foi encaminhada para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). [Leia mais...]

[Polícia prende homem e detém adolescente por morte de compositor em Cajazeiras]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Matheus Simoni no dia 08 de Março de 2017 ⋅ 14:50

A polícia prendeu nesta quarta-feira (8), no bairro de Cajazeiras, um homem e apreendeu um adolescente por suspeita de participarem da morte do cantor e compositor Felipe Yves, na última segunda-feira (6). De acordo com informações da Polícia Civil, a dupla, que não teve a identidade revelada, foi encaminhada para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia ainda procura os demais envolvidos no crime. Além da dupla, outras três pessoas teriam participado do homicídio. 

Na última terça-feira (7), a polícia divulgou a foto de Ueslei Silva Sarinho, de 22 anos, apontado como um dos suspeitos de envolvimento no caso. Outros suspeitos foram identificados pelos apelidos de Helris, Lacoste, Penga, Nonô e outro de prenome Maurício.

O crime

Testemunhas contaram para polícia que Felipe estava indo para casa da namorada quando foi abordado por traficantes da região. Os criminosos perguntaram de onde ele era, e após ele responder que era morador do bairro de Boca da Mata, e acabou sendo assassinado. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Felipe era cantor da banda Golaço e compositor de famosos hits como "Depois de Nós é Nós de Novo", sucesso na voz de Igor Kannário e “Bumbum no Paredão", cantado por Léo Santana. 

Notícias relacionadas