Polícia

Restaurante de argentino morto na Barra foi aberto há 20 dias

De acordo com investigação inicial da Polícia Civil, o restaurante do argentino morto a tiros, na noite dessa quarta-feira (5), na Barra, só estava funcionando a cerca de 20 dias. Horácio Fidel Lopez, de 58 anos, estava sentado de costas, na primeira mesa do restaurante, quando um homem suspeito entrou na churrascaria e efetuou quatro disparos contra a vítima. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Google Street View (Imagem ilustrativa)

Por Camila Tíssia no dia 06 de Agosto de 2015 ⋅ 13:14

De acordo com investigação inicial da Polícia Civil, o restaurante do argentino morto a tiros, na noite dessa quarta-feira (5), na Barra, só estava funcionando a cerca de 20 dias. Horácio Fidel Lopez, de 58 anos, estava sentado de costas, na primeira mesa do restaurante, quando um homem suspeito entrou na churrascaria e efetuou quatro disparos contra a vítima.

Ainda segundo a polícia, as camêras de segurança da churrascaria Carne na Brasa, que fica na região do Porto da Barra, não estavam funcionando. O crime aconteceu por volta das 21h30 e Horácio foi atingido na cabeça e braço direito. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas morreu antes de receber atendimento médico.

No local foram coletadas cápsulas de uma arma calibre .40 e encaminhadas para perícia. Equipes da polícia estão na rua para investigar o que pode ter motivado o crime. O caso está sendo acompanhado pela delegada Andréia Ribeiro, da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). Até o momento ninguém foi preso.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia