Polícia

Em greve, servidores penitenciários reclamam de condições dos presídios

O diretor do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb) Geonías Oliveira Santos comentou, em entrevista à Rádio Metrópole, o começo da greve da categoria nesta quarta-feira (27). Ele criticou a negociação com a Secretaria de Administraçao Penitenciária. “Não houve proposta que atendesse nossa demanda”, avaliou. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução

Por Juliana Almirante no dia 27 de Maio de 2015 ⋅ 09:59

O diretor do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb) Geonías Oliveira Santos comentou, em entrevista à Rádio Metrópole, o começo da greve da categoria nesta quarta-feira (27). Ele criticou a negociação com a Secretaria de Administraçao Penitenciária. “Não houve nenhuma proposta que atendesse nossa demanda”, avaliou o sindicalista.

Segundo ele, durante a paralisação, que acontece por tempo indeterminado, estão suspensas as visitas e o recebimento de presos.  Geonías critica as condições do sistema prisional no estado, onde os muros dos presídios são baixos e falta equipamentos de vistoria para coibir entrada de armas. “O que tem acontecido no sistema prisional é um absurdo”, relata.

Algumas das reivindicações são a realização de concurso público, celeridade na criação da lei orgânica, aposentadoria especial, porte de armas, adicional de insalubridade, reajuste salarial e reformas nas estruturas prisionais.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia