Polícia

Mulher é presa suspeita de matar amante após ameaça de divulgação de vídeo íntimo

Uma mulher de 30 anos foi presa nesta sexta-feira (5) suspeita de ter matado o amante, de 45 anos, na cidade de Rio Real. De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontam que a suspeita ateou fogo em Antônio Roque depois que ele ameaçou divulgar vídeos íntimos do casal. A mulher, contudo, nega o crime. [Leia mais...]

[Mulher é presa suspeita de matar amante após ameaça de divulgação de vídeo íntimo]
Foto : Reprodução / Google Maps

Por Laura Lorenzo no dia 05 de Maio de 2017 ⋅ 18:19

Uma mulher de 30 anos foi presa nesta sexta-feira (5) suspeita de ter matado o amante, de 45 anos, na cidade de Rio Real. De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontam que a suspeita ateou fogo em Antônio Roque depois que ele ameaçou divulgar vídeos íntimos do casal. A mulher, contudo, nega o crime. O crime teria acontecido no dia 11 de fevereiro.

Ainda segundo informações da polícia, o casal se relacionava há dois anos e o homem não aceitava o fim da relação. Antônio, então, teria ameaçado a suspeita de divulgar vídeos íntimos dos dois caso ela não continuasse com ele. Ainda conforme a PC, no dia do crime, a suspeita ligou para a vítima e marcou um encontro minutos antes do ocorrido.

A mulher chegou a ser interrogada logo depois do crime, mas também negou. A versão da suspeita contudo, foi confrontada por provas colhidas no decorrer da investigação, o que levou à prisão dela por força de um mandado, nesta sexta. Ela foi encaminhada ao sistema prisional, onde segue à disposição da Justiça.

Notícias relacionadas