Polícia

Força-tarefa apreende arsenal e 7,5 kg de cocaína em Porto Seguro

Durante uma operação nesta terça-feira (18), uma força tarefa envolvendo a Polícia Federal e policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica apreendeu um vasto arsenal e uma grande quantidade de droga na região da Ilha do Macaco, às margens do rio Buranhém, no município baiano de Porto Seguro. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/PMBA

Por Matheus Simoni no dia 18 de Agosto de 2015 ⋅ 16:45

Durante uma operação nesta terça-feira (18), uma força tarefa envolvendo a Polícia Federal e policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica apreendeu um vasto arsenal e uma grande quantidade de droga na região da Ilha do Macaco, às margens do rio Buranhém, no município baiano de Porto Seguro. 

De acordo com nota do Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar (DCS/PM), foram encontrados no local 7,5 kg de cocaína, 21 pistolas de uso restrito das Forças Armadas, como 12 de calibre 40; seis de 9mm e três de calibre 45; dois fuzis e uma submetralhadora calibre 9mm. Também foram encontrados 984 cartuchos de diversos calibres diferentes. O armamento estava com Francisco José da Graça Mortágua, 64 anos, nascido em Portugal, que acabou preso na operação. 

"O armamento era alugado para ações criminosas executadas nas regiões de Cabrália, Porto Seguro e Eunápolis, além de utilizado na disputa por ponto de tráfico de drogas na cidade", afirmou o major Anacleto França, comandante da Cipe/Mata Atlântica. A operação teve início às 5 da manhã e tem como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão, além de coibir o tráfico de drogas.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia