Polícia

Visitas a presos continuam suspensas no Conjunto Penal de Feira de Santana

Uma semana após a rebelião que deixou nove mortos no Conjunto Penal de Feira de Santana, as visitas aos presos seguem suspensas, de acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado da Bahia. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Ed Santos/ Acorda Cidade

Por Juliana Almirante no dia 31 de Maio de 2015 ⋅ 16:02

Uma semana após a rebelião que deixou nove mortos no Conjunto Penal de Feira de Santana, as visitas aos presos seguem suspensas, de acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado da Bahia. A categoria está em greve desde quarta-feira (27) em todo o estado. A rebelião do domingo (24) só terminou na segunda (25) após negociações com a polícia. 

"A categoria está mobilizada. Desde o dia 24 que não tem visita no Conjunto Penal de Feira de Santana. Não há condições de segurança nem para os agentes, nem para as visitas. Temos informações de que existem muitas armas de fogo dentro dos pavilhões”, informou ao G1 Reivon Pimentel, coordenador geral do sindicato.

Houve um princípio de tumulto por volta de 10h deste domingo (31), por conta dos familiares de detentos que não puderam ter acesso à unidade penal para visita. Conforme o sindicato, a polícia conteve a ação. Procurada, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) prometeu se posicionar sobre a suspensão das visitas.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia