Polícia

"Eu ia me entregar", diz homem que matou cobrador da Costa Verde

O assassino confesso do cobrador da Costa Verde, Anderson Nunes dos Santos, conhecido como “Buda”, afirmou nesta segunda-feira (8) ao Bocão News, ao ser apresentado na Secretaria de Segurança Pública, que não tinha intenção de matar o rodoviário. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Bocão News

Por Juliana Almirante no dia 08 de Junho de 2015 ⋅ 17:11

O assassino confesso do cobrador da Costa Verde, Anderson Nunes dos Santos, conhecido como “Buda”, afirmou nesta segunda-feira (8) ao Bocão News, ao ser apresentado na Secretaria de Segurança Pública, que não tinha intenção de matar o rodoviário e estava drogado na hora do crime.


"Minha intenção não era matar ele, mas ele tentou me segurar, aí aconteceu. Eu ia me entregar, tenho noção do que provoquei para minha vida e para a vida do próximo. Estou à disposição da Justiça para pagar por isso", disse Buda. Preso na sexta-feira (5), ele já era procurado por fugir do regime semiaberto. Djanilson Miranda dos Reis foi morto com golpes de pedaços de azulejo.

A morte de Djanilson gerou protesto dos rodoviários metropolitanos na última quarta (3). A categoria paralisou as atividades e caminharam na BR-324 até o Centro Administrativo da Bahia (CAB), para cobrar a apuração do crime.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia