Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

'Quem troca de ministro é o presidente da República', diz Bolsonaro após Mourão especular troca do chefe do Itamaraty

"O que nós menos precisamos é de palpiteiro de ministro. Se alguém quiser escolher ministro, que se candidate em 2022 e boa sorte", declarou o presidente da República

['Quem troca de ministro é o presidente da República', diz Bolsonaro após Mourão especular troca do chefe do Itamaraty]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Adele Robichez no dia 29 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:38

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) deixou claro ontem (28), em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto, que "quem troca de ministro é o presidente da República". A afirmação foi feita após uma fala do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), onde ele disse que o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, corre o risco de ser trocado.

"O vice falou que eu estou para trocar o chefe do Itamaraty. Eu quero deixar bem claro uma coisa: tenho 22 ministros e um que é interino. Aí é que nós podemos ter um nome diferente ou a efetivação do atual. Não é nada mais além disso", afirmou Bolsonaro. "Toda a semana a mídia diz que vou trocar algum ministro, tentando semear a discórdia no nosso governo. Eu lamento que gente do nosso governo passe agora a dar palpites", completou

Bolsonaro disse que, caso Mourão queira tomar decisões do tipo, basta ele se candidatar para a presidência nas próximas eleições. "O que nós menos precisamos é de palpiteiro de ministro. Se alguém quiser escolher ministro, que se candidate em 2022 e boa sorte", disse.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o vice-presidente havia comentado a possibilidade da troca do ministro, mas destacou que a informação não massava de uma "pura especulação". "Isso é algo que fica na alçada do presidente, né?!", disse. "Talvez alguns ministros sejam trocados e, entre eles, o próprio do Ministério das Relações Exteriores. Então, prefiro aguardar. Até porque esse assunto não foi discutido comigo em nenhum momento, e tudo o que eu posso falar aqui será pura especulação", concluiu.

Notícias relacionadas