Política

Promotora diz que Sele não está sumida e garante continuação de investigação

Sobre o caso Dalva Sele Paiva, ex-presidente da ONG Instituto Brasil, que acusou políticos petistas de receber recursos federais destinados a programas habitacionais no estado, a promotora Rita Tourinho disse nesta quarta-feira (20), em entrevista à Rádio Metrópole, que a investigação não parou.

[Promotora diz que Sele não está sumida e garante continuação de investigação]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 20 de Janeiro de 2016 ⋅ 10:32

Sobre o caso Dalva Sele Paiva, ex-presidente da ONG Instituto Brasil, que acusou políticos petistas de receber recursos federais destinados a programas habitacionais no estado, a promotora Rita Tourinho disse nesta quarta-feira (20), em entrevista à Rádio Metrópole, que a investigação não parou. 

“Temos uma ação de improbidade e, além disso, o caso foi repassado pra o Ministério Público Federal (MPF), até porque as últimas denúncias davam conta de pessoas que tinham o foro privilegiado. Então, foi encaminhado para o MPF, mas acreditamos que não está parado. Ela não está desaparecida, a mídia não está em cima desse caso, o MP estadual não está em cima desse caso e isso foi passado para o MPF,  isso está sendo resolvido por lá”, disse.

Contudo, Rita Tourinho não disse onde está Dalva Sele. 

Notícias relacionadas

[Trump diz que EUA vão abandonar tratado nuclear com a Rússia]
Política

Trump diz que EUA vão abandonar tratado nuclear com a Rússia

Por Matheus Simoni no dia 21 de Outubro de 2018 ⋅ 12:04 em Política

O vice-ministro de relações exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, disse hoje (21) que considera a retirada unilateral dos EUA como "muito perigosa" e pode levar a uma ret...

[Presidente do PSL diz que Bolsonaro quer Moro no STF]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Presidente do PSL diz que Bolsonaro quer Moro no STF

Por Matheus Simoni no dia 21 de Outubro de 2018 ⋅ 11:30 em Política

Em entrevista publicada hoje (21) pelo jornal O Estado de S.Paulo, Bebianno afirmou que Bolsonaro declinou da ideia de aumentar o número de ministros no Supremo, que atua...