Política

“Não tem uma viva alma mais honesta que eu”, garante Lula sobre investigação

Durante um café da manhã com blogueiros, realizado no Instituto Lula nesta quarta-feira (20), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu sua participação "ativa" nas eleições municipais deste ano. [Leia mais...]

[“Não tem uma viva alma mais honesta que eu”, garante Lula sobre investigação]
Foto : Reprodução/G1

Por Gabriel Nascimento no dia 20 de Janeiro de 2016 ⋅ 11:45

Durante um café da manhã com blogueiros, realizado no Instituto Lula nesta quarta-feira (20), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu sua participação "ativa" nas eleições municipais deste ano. Lula afirmou que fará mais política e disse que as pessoas "vão ver" o desempenho do PT no pleito. Ele enfatizou que o partido "não está acabado". "Este ano tem eleições. Eu vou participar ativamente do processo eleitoral. Tem gente dizendo que o PT acabou, vocês vão ver o PT", disse.

O petista aproveitou a oportunidade para comentar as investigações da Operação Lava Jato e negou qualquer participação com o esquema de desvio de dinheiro público. "Eles querem chegar no Lula. Eu tenho endereço fixo, todo mundo sabe onde eu moro. Se tem uma coisa que eu me orgulho, neste país, é que não tem uma viva alma mais honesta do que eu. Nem dentro da Polícia Federal, nem dentro do Ministério Público, nem dentro da Igreja Católica, nem dentro da Igreja Evangélica. Pode ter igual, mas mais do que eu, duvido”, disse Lula.

Quando comentou o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, Lula classificou como "tentativa de golpe explícito", além de acusar a oposição de tentar destruir a democracia. "Democracia é tão séria que não se brinca com democracia. Eles [oposição ao governo] tentam destruir a democracia negando a política", destacou. As operações policiais que apuram esquemas de corrupção no país, também foi assunto para o encontro.

Notícias relacionadas

[Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti]
Política

Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:54 em Política

Condenado por quatro homicídios na Itália na década de 1970, Battisti estava no Brasil e encontra-se foragido da justiça, segundo a Polícia Federal

[Bolsonaro quer anunciar revisão de acordo do Mercosul]
Política

Bolsonaro quer anunciar revisão de acordo do Mercosul

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 13:20 em Política

O evento na Suíça servirá para Bolsonaro fazer uma defesa enfática da aprovação de uma reforma previdenciária, ressaltando que será a sua primeira medida estruturante