Política

Aliados de Neto ganham cargos na prefeitura com altos salários

A Prefeitura Municipal de Salvador tem sido bem generosa - digamos assim - com os aliados do prefeito ACM Neto (DEM). [Leia mais...]

[Aliados de Neto ganham cargos na prefeitura com altos salários]
Foto : Reprodução/ Twitter

Por Matheus Morais no dia 27 de Janeiro de 2016 ⋅ 11:53

A Prefeitura Municipal de Salvador tem sido bem generosa - digamos assim - com os aliados do prefeito ACM Neto (DEM). Maior prova disso são as recentes nomeações de alguns políticos com salários astronômicos, que variam de R$ 14 a R$ 19 mil. 

De acordo com uma reportagem do site Bocão News, publicada nesta quarta-feira (27), os agraciados são muitos e incluem nomes como o do ex-deputado estadual e ex-presidente do Sindicato dos Rodoviários, J. Carlos. Ele rompeu com a base petista e ingressou no grupo de Neto, agora é assessor especial do prefeito e ganha R$ 14.682,52. 

Segundo a matéria, também fazem parte da lista de agraciados do prefeito, a filha do deputado federal Benito Gama, Taissa Teixeira Vasconcellos, foi nomeada recentemente diretora de Turismo da Prefeitura de Salvador. Bem como o ex-deputado federal Júnior Magalhães, que agora também é assessor especial de Neto, com um salário de R$ 18.639. 

Outro que anda se beneficiando com um cargo na prefeitura é o filho do Bispo Átila Brandão, o pastor Átila Brandão Junior (foto), que desempenha a função de assessor especial da subchefia de gabinete do prefeito de Salvador, ganhando R$ 18.892. Átila Brandão foi um dos apoiadores da campanha de Neto em 2012. 

Já o ex-vereador e ex-secretário de Saúde de João Henrique, o ortopedista Gilberto José é assessor especial do prefeito, cujo salário é de R$ 14.683. O ex-vereador Ântonio Lima também está entre os servidores mais próximos de ACM Neto. Para quem ia cortar na própria pele...

Notícias relacionadas

[PF pede prisão de Benito Gama, mas ministro do STF nega]
Política

PF pede prisão de Benito Gama, mas ministro do STF nega

Por Matheus Simoni no dia 11 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:42 em Política

Também foram negados os pedidos de prisão domiciliar do senador e deputado federal eleito Aécio Neves (PSDB-RJ), de sua irmã Andrea Neves, e do deputado federal Paulinho...

[MPF reforça pedido de condenação de Lula e mais 12 réus]
Política

MPF reforça pedido de condenação de Lula e mais 12 réus

Por Matheus Simoni no dia 11 de Dezembro de 2018 ⋅ 10:26 em Política

O imóvel, que é atribuído ao petista, é alvo de uma denúncia do órgão, que afirma que as empreiteiras Odebrecht e OAS compraram e pagaram por melhorias no sítio