Política

Lula repudia tentativa de envolvimento do seu nome na Lava Jato

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em nota divulgada por seu instituito, que repudia qualquer tentativa de envolver seu nome em atos ilícitos da Operação Lava Jato. [Leia mais...]

[Lula repudia tentativa de envolvimento do seu nome na Lava Jato ]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 28 de Janeiro de 2016 ⋅ 07:26

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em nota divulgada por seu instituito, que repudia qualquer tentativa de envolver seu nome em atos ilícitos da Operação Lava Jato.


"Lula nunca escondeu que sua família comprou, a prestações, uma cota da Bancoop [Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo], para ter um apartamento onde hoje é o edifício Solaris. Isso foi declarado ao Fisco e é público desde 2006. Ou seja: pagou dinheiro, não recebeu dinheiro pelo imóvel", diz a nota divulgada na noite desta quarta.
 
A nota ainda diz que "nenhum líder brasileiro teve a vida particular e partidária tão vasculhada quanto Lula", e que "não será investigando um apartamento [...] que vão encontrar uma nódoa em sua vida".
 
 Leia a íntegra da nota do Instituto Lula:
 
Lula repudia tentativa de envolvimento em Lava Jato
 
O ex-presidente Lula não foi sequer citado na decisão do juiz Sérgio Moro e repudia qualquer tentativa de envolver seu nome em atos ilícitos investigados na chamada Operação Lava Jato.
 
Nos últimos 40 anos, nenhum líder brasileiro teve a vida particular e partidária tão vasculhada quanto Lula, e jamais encontraram acusação válida contra ele.
 
Lula foi preso, sim, mas pela ditadura, porque lutava pela democracia no Brasil e pelos direitos dos trabalhadores. Não será investigando um apartamento - que nem mesmo lhe pertence - que vão encontrar uma nódoa em sua vida.
 
Lula nunca escondeu que sua família comprou, a prestações, uma cota da Bancoop, para ter um apartamento onde hoje é o edifício Solaris. Isso foi declarado ao Fisco e é público desde 2006. Ou seja: pagou dinheiro, não recebeu dinheiro pelo imóvel.
 
Para ter o apartamento, de fato e de direito, seria necessário pagar a diferença entre o valor da cota e o valor do imóvel, com as modificações e acréscimos ao projeto original. A família do ex-presidente não exerceu esse direito.
 
Portanto, Lula não ocultou patrimônio, não recebeu favores, não fez nada ilegal. E continuará lutando em defesa do Brasil, do estado de direito e da Democracia. 

Notícias relacionadas