Política

Deputados rejeitam cota para mulheres no Legislativo; confira votação de baianos

Em mais uma votação da reforma política, a Câmara dos Deputados rejeitou a criação de uma cota de 15% para as mulheres em todas as cadeiras parlamentares do país. [Leia mais...]

[Deputados rejeitam cota para mulheres no Legislativo; confira votação de baianos]
Foto : Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Por Juliana Almirante no dia 17 de Junho de 2015 ⋅ 07:13

Em mais uma votação da reforma política, a Câmara dos Deputados rejeitou a criação de uma cota de 15% para as mulheres em todas as cadeiras parlamentares do país. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) precisava de 308 votos a favor, mas recebeu apenas 293. Foram 108 votos contrários e 53 abstenções.

Caso a medida entrasse em vigor, o percentual seria aplicado gradualmente: 10% na primeira legislatura, 12% na segunda e 15% na terceira. Depois de aprovada em primeiro e segundo turnos na Câmara, a matéria precisaria ainda ser aprovada em outras duas etapas no Senado.

Na bancada baiana, o racha presente em quase todas as votações da reforma política se repetiu. Entre os 31 deputados do estado presentes, 12 votaram contra. Na lista, há oposicionistas como Elmar Nascimento (DEM) e Antônio Imbassahy (PSDB) e membros da base aliada, a exemplo de Cacá Leão (PP) e Sérgio Brito (PSD).

Entre os 14 a favor da cota para mulheres, foram seis baianos do PT e os três do PCdoB, além de Félix Mendonça Júnior (PDT) e Irmão Lázaro (PSC). Cinco se abstiveram: Paulo Azi (DEM), Ronaldo Carletto (PP), João Gualberto (PSDB), Antônio Brito (PTB) e Arthur Maia (SD).

Comentarios

Notícias relacionadas

[Justiça determina bloqueio de bens de Lúcio Funaro]
Política

Justiça determina bloqueio de bens de Lúcio Funaro

Por Clara Rellstab no dia 18 de Julho de 2018 ⋅ 12:40 em Política

A decisão que determina o bloqueio dos bens vale para “ativos financeiros disponíveis em contas correntes, poupanças e outras aplicações financeiras”