Política

Falso médico é preso atuando em resort no Litoral Norte

O falso médico morava em Feira de Santana e assumia dois plantões por semana no hotel Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa. A polícia investiga se ele exercia ilegalmente a profissão em outros lugares. [Leia Mais...]

[Imagem not found]
Foto :

Por Milene Rios no dia 28 de Janeiro de 2016 ⋅ 19:48

Um homem foi preso foi preso na manhã da última quarta-feira (27) por atuar como médico sem possuir diploma, na Bahia. Diego de Souza Ramos, 30 anos, atuava há cerca de dez meses como clínico geral no Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa, em Imbassaí. Diego foi preso em flagrante dentro do resort.  Segundo o delegado Aldacir Ferreira, titular da Delegacia de Proteção Ambiental de Praia do Forte, a investigação foi iniciada após denúncia de uma hóspede que achou "estranha" a forma como foi atendida. 

De acordo com o delegado, Diego atendia hóspedes e funcionários, com nome parecido com o de um médico que atende em outra localidade. A investigação agora é para saber se esse médico sabia que Diego estava utilizando seu registro. À polícia, Diego alega ter estudado medicina na Bolívia e teria concluído o curso no ano de 2011 e que medicava ilegalmente porque não teve o diploma validado aqui no Brasil. 

O falso médico morava em Feira de Santana e assumia dois plantões por semana no hotel. A polícia investiga se ele exercia ilegalmente a profissão em outros lugares. 

A assessoria de imprensa do Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa informa que Diego não era funcionário do estabelecimento. Uma empresa terceirizada, a Serviço Médico Preventiva do Trabalho Ltda., prestava serviços médicos dentro do resort.

Em nota, a assessoria informa ainda que já cancelou o contrato com a Preventiva e seu departamento jurídico estuda medidas legais cabíveis. Diego foi autuado por falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina. 

Notícias relacionadas

[Economista é indicado para assumir Enem]
Política

Economista é indicado para assumir Enem

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 15:55 em Política

Teixeira é professor da PUC-Rio nos cursos de graduação e pós-graduação em Administração