Política

Pela primeira vez, TCU adia votação de contas da presidente Dilma

Em votação unânime, o plenário do Tribunal de Contas da União decidiu, nesta quarta-feira (17), adiar a votação do relatório prévio das contas do governo da presidente Dilma Rousseff. [Leia mais...]

[Pela primeira vez, TCU adia votação de contas da presidente Dilma ]
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 17 de Junho de 2015 ⋅ 12:51

Em votação unânime, o plenário do Tribunal de Contas da União decidiu, nesta quarta-feira (17), adiar a votação do relatório prévio das contas do governo da presidente Dilma Rousseff. O TCU deu o prazo de 30 dias para que o governo esclareça os indícios de irregularidades, as chamadas "pedaladas fiscais". O adiamento desse tipo de parecer é inédito.

Os ministros acompanharam o voto do relator, Augusto Nardes. As "pedaladas" investigadas pelo TCU foram atrasos do governo no repasse de verbas para bancos públicos, entre 2013 e 2014. Os recursos pagariam benefícios do Bolsa Família e seguro-desemprego.

Notícias relacionadas