Política

"Um desejo que não vai se realizar", diz Delfim Netto sobre impeachment

O Brasil já passou por diversas crises econômicas e turbulências políticas. Aos 87 anos, o ex-ministro da Fazenda Antonio Delfim Netto já vivenciou esses momentos. Sobre o atual cenário brasileiro, a opinião dele é que não há condições para impor o impeachment. [Leia mais...]

[
Foto : Reprodução / UOL

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 03 de Fevereiro de 2016 ⋅ 07:57

O Brasil já passou por diversas crises econômicas e turbulências políticas. Aos 87 anos, o ex-ministro da Fazenda Antonio Delfim Netto já vivenciou esses momentos. Sobre o atual cenário brasileiro, a opinião dele é que não há condições para impor o impeachment. Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (3), Delfim afirmou que o movimento "é uma espécie de desejo que não vai se realizar".

"É claro que houve a pedala, se fosse purista, ela seria a única a ter cometido esse pecado. Desde Dom João VI que vem se praticando pedaladas. O impechment não é inconstitucional, ele não se justifica. Vamos resolver um problema grave, nosso PIB caiu 4%, em 2016, o PIB vai cair mais 2%, isso é um desastre. É uma cumulação de perda de patrimônio enorme, o Brasil não aguenta isso. Precisa mudar as expectativa, para isso precisa fazer reformas constitucionais e devolver o setor privado a esperança que ele vai crescer. Se não devolver ao trabalhador a esperança que ele vai continuar empregado, você vai chegar num instante triste onde o trabalhador não compra, o empresário vê que o trabalhador não vai comprar, vende o estoque, demite gente. Quando os três estão líquidos, morrem afogados de liquidez", falou.

Notícias relacionadas

[Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil ]
Política

Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil 

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:56 em Política

Nas ações, são citados o presidente do partido na Bahia, Everaldo Anunciação e Ivan Alex Teixeira Lima, secretário de Finanças

[Manoel Vitório nega conversas sobre privatização da Embasa]
Política

Manoel Vitório nega conversas sobre privatização da Embasa

Por Clara Rellstab no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:23 em Política

“Não tem nenhum estudo elaborado sobre isso. Eu acho que o Estado não pode abrir mão de analisar nenhum tipo de ativo dele, mas tem que ser alguma coisa bem feita”, ponde...