Política

Aécio pede agilidade na discussão de projetos em 2016

O senador Aécio Neves (PSDB) afirmou na quarta-feira (4) que o Congresso precisa priorizar os temas essenciais em 2016. [Leia mais...]

[Aécio pede agilidade na discussão de projetos em 2016]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 04 de Fevereiro de 2016 ⋅ 08:01

O senador Aécio Neves (PSDB) afirmou na quarta-feira (4) que o Congresso precisa priorizar os temas essenciais em 2016. “Nós não podemos perder tempo aqui tentando discutir no plenário a conveniência da colocação em votação desta ou daquela propositura. Inúmeras questões estão pendentes", disse.

"E sabendo que no segundo semestre, pelas razões óbvias, a dificuldade será ainda maior. Portanto, priorizarmos e acho que cada bancada poderia já cuidar disso, priorizando aqueles temas que são realmente para eles essenciais e mais relevantes, podendo, quem sabe já nos próximos 15 dias, anunciar uma expectativa de pauta para dois, três meses, ou quem sabe, até mesmo para o primeiro semestre.", ressaltou. 

Notícias relacionadas

[Nilo diz que virou político de 'segundo plano' no governo de Rui]
Política

Nilo diz que virou político de 'segundo plano' no governo de Rui

Por Matheus Simoni e Rodrigo Daniel Silva no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 08:27 em Política

Em entrevista a Mário Kertész, o parlamentar disse que outros partidos da base aliados tiveram prioridade, diferente do que ocorreu na gestão de Jaques Wagner (PT)

[Ministros reconhecem que comissão do TSE contra fake news falhou]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Ministros reconhecem que comissão do TSE contra fake news falhou

Por Matheus Simoni no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 08:20 em Política

Os magistrados acreditam que não há tempo para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros

[Mais um! Tum oficializa adesão ao grupo de Rui Costa]
Política

Mais um! Tum oficializa adesão ao grupo de Rui Costa

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 06:40 em Política

Deputado eleito e presidente do PHS na Bahia, Júnior Muniz, também deixou a base do prefeito de Salvador, ACM Neto, para migrar para o lado petista