Política

Ministro da Saúde retoma mandato para votar na eleição de novo líder do PMDB

Em meio a crise do Zika vírus, a saída é temporária e quem fica no lugar dele, por enquanto, acumulando as funções, é o secretário executivo José Agenor Álvares da Silva. [Leia mais...]

[Ministro da Saúde retoma mandato para votar na eleição de novo líder do PMDB]
Foto : Reprodução / Agência Brasil

Por Camila Tíssia no dia 17 de Fevereiro de 2016 ⋅ 08:33

As atenções estão voltadas, nesta quarta-feira (17), em Brasília, para a votação do novo líder do PMDB na Câmara. Para isso, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, que é peemedebista, pediu exoneração do cargo para participar da eleição. O decreto está publicado na edição de hoje (17) do Diário Oficial da União. Castro tem mandato de deputado federal e, com o afastamento, retorna ao Congresso.

Em meio a crise do Zika vírus, a saída é temporária e quem fica no lugar dele, por enquanto, acumulando as funções, é o secretário executivo José Agenor Álvares da Silva.

A eleição do PMDB está marcada para as 15h. O atual líder Leonardo Picciani (RJ) e Hugo Motta (PB) disputam a vaga. A reunião vai ocorrer a portas fechadas.

Marcelo Castro deverá retornar ao cargo amanhã, mas, ainda hoje, tem reunião com a presidenta Dilma Rousseff às 18h. 

Notícias relacionadas