Política

Defesa de Dilma diz que não há provas para que haja cassação do mandato

A defesa da presidente Dilma Rousseff diz que não há provas contra ela e o vice-presidente Michel Temer que justifique a cassação do seus respectivos mandatos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os advogados de Dilma afirmam que irregularidades cometidas na campanha presidencial de 2014 não apontam que a petista seja responsável ou tenha se beneficiado delas. [Leia mais...]

[Defesa de Dilma diz que não há provas para que haja cassação do mandato ]
Foto : Agência Brasil

Por Jessica Galvão no dia 18 de Fevereiro de 2016 ⋅ 16:39

A defesa da presidente Dilma Rousseff diz que não há provas contra ela e o vice-presidente Michel Temer que justifique a cassação do seus respectivos mandatos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os advogados de Dilma afirmam que irregularidades cometidas na campanha presidencial de 2014 não apontam que a petista seja responsável ou tenha se beneficiado delas. 

Os argumentos estão registrados na peça de defesa que devem ser protocolados ainda nesta quinta-feira (18). Na ação do PSDB, Dilma e Temer são acusados de abuso de poder político e econômico na disputa, e além da cassação, tem como objetivo diplomar o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi o segundo colocado nas eleições de 2014.

Notícias relacionadas