Política

Fábio Souto defende continuidade da Ceplac: “Tem que ser fortalecida”

O deputado federal Fábio Souto (DEM) engrossou o coro de críticas ao governo federal, que pretende transformar a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) em uma coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

[Fábio Souto defende continuidade da Ceplac: “Tem que ser fortalecida”]
Foto : Agência Câmara

Por Matheus Morais no dia 25 de Fevereiro de 2016 ⋅ 13:55

O deputado federal Fábio Souto (DEM) engrossou o coro de críticas ao governo federal, que pretende transformar a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) em uma coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Segundo Souto, é preciso união entre os deputados da oposição e da base do governo para, juntos, defenderem o órgão que muito fez pela região cacaueira. 

“A Ceplac tem um papel muito importante para a lavoura cacaueira, principalmente por ser a grande responsável pela arrecadação do nosso Estado. Não podemos aceitar que a Comissão se acabe. Ela tem que ser fortalecida pelo Ministério da Agricultura. Observamos que no decorrer dos anos, esse órgão está sendo esvaziado. Isso é inadmissível. Precisamos da união de todos os partidos para, juntos, fortalecermos e colocarmos mais recursos federais na Ceplac”, declarou.

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...