Política

Grupo de senadores vai pedir expulsão da Venezuela do Mercosul após incidente

O grupo de senadores hostilizados na Venezuela por manifestantes pró-Maduro vai pedir a exclusão do país do Mercosul. O episódio fez com que os parlamentares brasileiros tomassem a iniciativa para adotar medidas de retaliação ao incidente democrático.[Leia mais...]

[Grupo de senadores vai pedir expulsão da Venezuela do Mercosul após incidente]
Foto : Reprodução/IstoÉ

Por Matheus Simoni no dia 19 de Junho de 2015 ⋅ 16:13

O grupo de senadores hostilizados na Venezuela por manifestantes pró-Maduro vai pedir a exclusão do país do Mercosul. O episódio fez com que os parlamentares brasileiros tomassem a iniciativa para adotar medidas de retaliação ao incidente democrático. De volta ao Brasil, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), e os demais integrantes da comitiva disseram nesta sexta-feira (19) que houve uma "ação deliberada" dos governos brasileiro e venezuelano para que os parlamentares não tivessem acompanhamento diplomático e fossem "abandonados".

O senador tucano pediu o depoimento do ministro de Relações Exteriores, Mauro Viera, no Senado para dar explicações. "A questão mais grave que se põe nesse momento é que o conjunto de informações que nos chegam, a partir inclusive da reunião que parlamentares tiveram com o ministro das Relações Exteriores (Mauro Vieira), é de que houve uma ação deliberada do governo venezuelano, como lá percebíamos, mas também do governo brasileiro, para expor uma delegação oficial de senadores, que nada mais fazia do que prestar solidariedade aos presos políticos e defender a democracia na Venezuela. Os energúmenos não nos intimidaram", disse Aécio.

"Não há qualquer dúvida de que a Venezuela não vive uma democracia. É preciso que o Brasil, fazendo valer a sua tradição de país democrata, não se submeta a acordos de viés ideológico", concluiu. 

Notícias relacionadas