Política

Após delação de Delcídio, Lula diz que jamais participou de ilegalidade

Após ser citado na delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, por meio de nota divulgada através do Instituto Lula nesta quinta-feira (3), que o petista jamais participou de ilegalidade. [Leia mais...]

[Após delação de Delcídio, Lula diz que jamais participou de ilegalidade]
Foto : Tacio Moreira/ Metropress

Por Matheus Simoni no dia 03 de Março de 2016 ⋅ 15:26

Após ser citado na delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, por meio de nota divulgada através do Instituto Lula nesta quinta-feira (3), que o petista jamais participou de ilegalidade. Segundo reportagem da revista Isto É, o senador petista fez acordo de colaboração perante o grupo de trabalho da Procuradoria-Geral da República na Operação Lava Jato e citou vários nomes, entre eles o de Lula e da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ainda segundo a publicação, Lula atuou ativamente para que o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente, não fosse investigado na operação em uma eventual delação premiada. "O ex-presidente Lula jamais participou, direta ou indiretamente, de qualquer ilegalidade, seja nos fatos investigados pela operação Lava Jato, ou em qualquer outro, antes, durante ou depois de seu governo", afirmou a nota do Instituto Lula.

Notícias relacionadas

[ Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens]
Política

Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:40 em Política

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), as mudanças na legislação visam a fortalecer o combate à corrupção e ao crime organizado