Política

"Investigação muito importante", diz Eliana Calmon sobre Operação Lava Jato

A ex-ministra aposentada do Tribunal Superior de Justiça (STJ) e ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dra Eliana Calmon, concedeu entrevista a Mário Kertész, no Jornal da Cidade 2ª Edição, da Rádio Metrópole, nesta quinta-feira (3), e falou sobre os crimes apurados na Operação Lava Jato. [Leia mais...]

[
Foto : Agência Brasil

Por Jessica Galvão no dia 03 de Março de 2016 ⋅ 17:40

A ex-ministra aposentada do Tribunal Superior de Justiça (STJ) e ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dra Eliana Calmon, concedeu entrevista a Mário Kertész, no Jornal da Cidade 2ª Edição, da Rádio Metrópole, nesta quinta-feira (3), e falou sobre os crimes apurados na Operação Lava Jato.

"São crimes que têm uma repercussão muito grande em relação ao estado. Uma delação premiada é a única forma de se chegar ao fato com maior intensidade. Porque estes crimes que não deixam vestígios, se não for através de uma delação, não se chega a uma apuração. A investigação é muito importante para a sociedade", falou. 

Ela disse ainda quais os elementos da delação premiada são os mais importantes diante de um julgamento. "A delação premiada traz a tona fatos que até então eram desconhecidos e que precisam, para ter a devida veracidade, de provas documentais ou periciais. Não é só a palavra do delator que vai valer. Ela precisa estar ancorada em outras provas que fazem parte no processo", afirmou.

Notícias relacionadas