Política

“Doações de instituto eram pagas por empreiteiras da Lava Jato", diz procurador

O procurador do Ministério Público Carlos Fernando de Santos afirmou na manhã desta sexta-feira (4) em entrevista coletiva na sede da Polícia Federal, na cidade de Curitiba, que havia uma organização criminosa infiltrada no governo federal. [Leia mais...]

[“Doações de instituto eram pagas por empreiteiras da Lava Jato
Foto : Divulgação/ Instituto Lula

Por Matheus Morais no dia 04 de Março de 2016 ⋅ 10:53

O procurador do Ministério Público Carlos Fernando de Santos afirmou na manhã desta sexta-feira (4) em entrevista coletiva na sede da Polícia Federal, na cidade de Curitiba, que havia uma organização criminosa infiltrada no governo federal. “Ela se utilizava da Petrobras e de outras empresas para beneficiamento político e pessoal. A organização criminosa tem um comando, e temos informações que o ex-ministro José Dirceu fazia parte desse comando, junto com o ex-tesoureiro Vaccari. Há evidências de pagamentos de vantagens, não há motivação plausível para o pagamento de vantagens, temos os cinco maiores doadores do Instituto Lula envolvidos, 60% de todas as doações do instituto eram pagas pelas cinco empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato. Acreditamos que o sítio seja do senhor Luis Inácio. Também houve benfeitorias no triplex do Guarujá, feitas pela Odebrecht e pela OAS”, disse Santos. 

“Não há ninguém isento de investigação no país. Na força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, nós investigamos pessoas sem foro privilegiado, o ex-presidente não tem foro privilegiado. Para evitar maiores manifestações, a favor ou contra, procuramos fazer isso da maneira mais silenciosa possível. Mas, os vazamentos são deletérios para as investigações. Os vazamentos não interessam ao Ministério Público. Não temos nenhuma motivação política”, completou. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro será recebido por Trump nesta terça-feira ]
Política

Bolsonaro será recebido por Trump nesta terça-feira 

Por Juliana Almirante no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 08:40 em Política

No encontro, os mandatários devem discutir comércio bilateral, parcerias estratégicas no setor militar, além da situação econômica e política da Venezuela.

[Marielle Franco é homenageada na Câmara de Salvador]
Política

Marielle Franco é homenageada na Câmara de Salvador

Por Juliana Rodrigues no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 08:20 em Política

A sessão especial foi proposta pelo vereador Marcos Mendes (PSOL) e contou com a presença do pai de Marielle, Antônio Silva Neto