Política

Receita Federal investiga pagamentos por palestras de Lula entre 2011 e 2014

Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (4), na sede da Polícia Federal em Curitiba, a força-tarefa da Operação Lava Jato, que apura desvios de verbas na Petrobras, detalhou a 24ª fase das investigações. Nesta nova etapa, os investigadores focaram a operação no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teria recebido parte dos desvios.[Leia mais...]

[Receita Federal investiga pagamentos por palestras de Lula entre 2011 e 2014]
Foto : Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 04 de Março de 2016 ⋅ 11:00

Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (4), na sede da Polícia Federal em Curitiba, a força-tarefa da Operação Lava Jato, que apura desvios de verbas na Petrobras, detalhou a 24ª fase das investigações. Nesta nova etapa, os investigadores focaram a operação no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teria recebido parte dos desvios.

Segundo o auditor fiscal da Receita Federal, Roberto Lima, a Lava Jato tenta identificar supostas irregularidades nos pagamentos feitos através de palestras e doações ao Instituto Lula e para a empresa LILS Palestras e Eventos Ltda, que também pertence ao petista. "O que eu posso destacar nesse momento é que ambas as entidades receberam recursos expressivos de 2011 até 2014, vinda de mais de duas dezenas de grandes empresas e empreiteiras. Algumas pagaram as palestras e outras doaram recursos para o Instituto Lula. Quando o sigilo for liberado pelo juízo criminal, teremos a verificação de que as cinco maiores empresas nesse período são as mesmas empresas que doaram os maiores valores para o Instituto Lula. Essa constatação está nos relatórios que nós juntamos", afirmou.

Ainda segundo o auditor fiscal, a força-tarefa da Lava Jato busca a verificação dos destinos dados aos recursos. "Existem palestras que foram feitas no exterior, com pagamentos no Brasil ou por outras empresas do exterior, que ainda estão sendo apuradas", afirmou o auditor.

Notícias relacionadas

[Neto alfineta Rui por disputa pela prefeitura em 2020]
Política

Neto alfineta Rui por disputa pela prefeitura em 2020

Por Matheus Simoni e Clara Rellstab no dia 17 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:22 em Política

Ainda de acordo com o prefeito, entre os nomes cogitados, o de Bruno Reis ganha destaque por conta da importância dele na gestão municipal