Política

Confira o discurso de Lula após a Operação Lava Jato

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva realizou um pronunciamento nesta sexta-feira (4), após o cumprimento de mandado coercitivo no âmbito da Operação Lava Jato. Ao todo, foram expedidos 44 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva. [Leia mais...]

[Confira o discurso de Lula após a Operação Lava Jato]
Foto : Reprodução/Carta Capital/Paulo Pinto

Por Matheus Simoni no dia 04 de Março de 2016 ⋅ 16:37

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva realizou um pronunciamento nesta sexta-feira (4), após o cumprimento de mandado coercitivo no âmbito da Operação Lava Jato. Ao todo, foram expedidos 44 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva - quando o investigado é obrigado a prestar depoimento.

Em discurso inflamado, o petista criticou a iniciativa da Justiça e afirmou que tal medida não era necessária. Ele ainda comentou o recente 'show midiático' diante da operação . Confira um trecho do discurso de Lula:


 

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment