Política

Em discurso, Temer ignora Dilma e prega "harmonia entre poderes"

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) discursou neste domingo (6) em evento de comemoração dos 174 anos da cidade de Tietê-SP, onde nasceu. Em tom pacificador e sem citar a presidente Dilma, Temer defendeu a "harmonia entre os Poderes da República" e a "conexão do capital com o trabalho" iniciativas fundamentais para tirar o Brasil da atual crise política e econômica. [Leia mais...]

[Em discurso, Temer ignora Dilma e prega
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 06 de Março de 2016 ⋅ 16:30

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) discursou neste domingo (6) em evento de comemoração dos 174 anos da cidade de Tietê-SP, onde nasceu. Em tom pacificador e sem citar a presidente Dilma, Temer defendeu a "harmonia entre os Poderes da República" e a "conexão do capital com o trabalho" iniciativas fundamentais para tirar o Brasil da atual crise política e econômica. "Hoje, o que o país mais precisa é de unidade, de reunificação, um instante em que todos têm que dar as mãos para tirar o país da crise", disse o vice.

"Vamos unir esforços, o Legislativo, o Executivo, o Judiciário, os setores produtivos, porque é inadmissível que um país como o Brasil hoje tenha milhões e milhões de desempregados. É a iniciativa privada, prestigiada pelo poder público, que pode gerar empregos", afirmou o peemedebista para uma plateia de empresários locais. "Essa conexão do trabalhador com o empresário, ou do capital com o trabalho, é fundamental. Em vez de separações, divisões entre a sociedade brasileira, nós precisamos de um somatório da sociedade brasileira", completou.

Notícias relacionadas