Política

Deputado defende cassação de Cunha e diz: "Não sou da tropa de choque dele"

As regalias cometidas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, já ficou nítida para o país. Ele é investigado pela Operação Lava Jato, e, a última denúncia feita contra ele foi protocolada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na sexta-feira (4). [Leia mais...]

[Deputado defende cassação de Cunha e diz:
Foto : Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 07 de Março de 2016 ⋅ 08:23

As regalias cometidas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, já ficou nítida para o país. Ele é investigado pela Operação Lava Jato, e, a última denúncia feita contra ele foi protocolada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na sexta-feira (4). Foi apresentado ao Supremo Tribunal Federal um suposto recebimento de Cunha, na Suíça, de mais de US$ 5 milhões em propinas "por viabilizar a aquisição de um campo de petróleo em Benin, na África, pela Petrobrás". Sobre as suspesitas que rodeiam Cunha, o Deputado Federal, José Carlos Aleluia (DEM), defende que ele "merece" ser cassado. 

"Eu não sou da tropa de choque de Cunha. No meu partido a força de Cunha é mínima. Ele tem uma bancada pequena, mas tem a caneta na mão. Cunha é um mal moral. Existem provas que ele recebeu dinheiro indevido", afirmou em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (7).

Notícias relacionadas