Política

Boca Quente: Os maus modos de Nilo, o queridinho de Neto e a saudade de Kátia

A coluna Boca Quente desta semana traz os maus modos do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PSL), direto da China, o queridinho de Neto e a saudade de Kátia Alves; confira

[Boca Quente: Os maus modos de Nilo, o queridinho de Neto e a saudade de Kátia]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 10 de Março de 2016 ⋅ 07:29

A coluna Boca Quente desta semana traz os maus modos do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PSL), direto da China, o queridinho de Neto e a saudade de Kátia Alves; confira:

O Rei do Mandarim 

A pessoa se afasta por uns dias da Assembleia Legislativa da
Bahia, mas os maus hábitos continuam. Em missão oficial à
China, acompanhando o governador Rui Costa, o presidente do
Legislativo baiano, Marcelo Nilo (PSL), apareceu esparramado em
uma cadeira, exatamente como senta quando está comandando
as sessões da Casa. Além disso, poliglota que é, deve estar usando
e abusando do mandarim. 

Funil

A cada dia se afunila a escolha do prefeito ACM Neto (DEM) sobre quem vai ser o seu companheiro de chapa de reeleição: Guilherme Bellintani e Célia Sacramento já estão decididamente fora. Mesmo sobrando Bruno Reis e Silvio Pinheiro, o coração de Netinho bate forte é por Luiz Carreira.

Muda o tocador

Ocupado que só ele, o governador em exercício, João Leão (PP), arrumou tempo em sua atribuladíssima agenda para dar um pulo na cidade de
Jussara, no interior do estado, na semana passada. Por lá, com óculos escuros, inventou de tocar triângulo, acompanhado do deputado estadual
Aderbal Caldas (PP), que fez as vezes de sanfoneiro. Quem ouviu disse que Leão não convence como vice, muito menos como tocador. 

Sentindo saudade

As más línguas da Câmara Municipal de Salvador andam dizendo pelos corredores da Casa que a vereadora Kátia Alves (DEM) vive morrendo de saudade da presidência da Limpurb. Dia desses, numa reunião no bairro de Itapuã, a moça disparou artilharia pesada contra o atual presidente da empresa e vereador licenciado Tiago Correia. O clima pesou, e a fofoca chegou ligeiro aos ouvidos de Tiago, que, bem ao seu estilo — discreto —, só riu.

Briga por eleitorado

Além do Imbuí, o vereador Euvaldo Jorge (PP) não abre mão do seu eleitorado no bairro de Valéria. Lá, como já se sabe, disputa votos cabeça a cabeça com o colega Antônio Mário (PSB). Os dois não se bicam e não fazem questão de esconder isso. Na preferência dos colegas de Câmara, porém, Euvaldo ganha de goleada, já que Antônio Mário é tido como arrogante e sem noção por muitos parlamentares. 


Aparece, presidente

Indicação de Marcelo Nilo, o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, não é muito dado a conceder entrevistas. Com perfil extremamente técnico, recebe muitos convites, mas nega todos. Prefere agir na discrição — ao contrário do padrinho, que fala pelos cotovelos. 

Notícias relacionadas