Política

Imbassahy diz que denúncia do MP contra Lula fragiliza o governo de Dilma

Em nota divulgada à imprensa, nesta quinta-feira (10), o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy, falou sobre a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro por causa da suposta compra do tríplex no Guarujá, em São Paulo. [Leia mais...]

[Imbassahy diz que denúncia do MP contra Lula fragiliza o governo de Dilma]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Jessica Galvão no dia 10 de Março de 2016 ⋅ 15:20

Em nota divulgada à imprensa, nesta quinta-feira (10), o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy, falou sobre a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro por causa da suposta compra do tríplex no Guarujá, em São Paulo. 

Para ele, a denúncia é consequência da ausência de explicações do petista sobre benefícios recebidos. “A denúncia é extremamente grave e a base de sustentação do governo na Casa vai tendo cada vez mais dificuldades em se manter”, disse.

Imbassahy acredita que as acusações do Ministério Público impulsionam ainda o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A situação da petista se agrava porque "Lula é uma das figuras mais importantes do PT, que sai enfraquecido dos escândalos de corrupção", diz o texto. Ainda segundo o líder do PSDB, a denúncia fragiliza ainda mais o "já enfraquecido" governo Dilma e sua base aliada no Congresso.

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment