Política

PM fala em 20 mil pessoas na Barra e Lúcio Vieira Lima elogia Salvador

A estimativa da Polícia Militar da Bahia para a manifestação contra o governo PT, que acontece neste domingo (13), na Barra é de aproximadamente 20 mil pessoas. Em entrevista ao Metro1, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) falou sobre esse número elogiando o povo de Salvador e afirmou que, para ele, o movimento não é contra Dilma e sim a favor do povo brasileiro. [Leia mais...]

[PM fala em 20 mil pessoas na Barra e Lúcio Vieira Lima elogia Salvador]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 13 de Março de 2016 ⋅ 13:08

A estimativa da Polícia Militar da Bahia para a manifestação contra o governo PT, que acontece neste domingo (13), na Barra é de aproximadamente 20 mil pessoas. Em entrevista ao Metro1, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) falou sobre esse número elogiando o povo de Salvador e afirmou que, para ele, o movimento não é contra Dilma e sim a favor do povo brasileiro.

"A partir da quinta-feira que vem, em 45 dias, a Câmara aprova o impeachment e o Senado vai também dar andamento para afastar a presidenta, principalmente diante das manifestações de hoje. Uma frase do saudoso Ulysses Guimarães, 'o político só tem medo de uma coisa: medo das ruas'. Então, qual o político que não vai ter medo de uma manifestação dessa? Em salvador sempre foi mais discreto, ficava em torno de cinco mil pessoas, hoje a PM já fala em 20 mil pessoas nas ruas de Salvador. Tá de parabéns e atendeu o apelo da sociedade", falou.

Notícias relacionadas

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment