Política

"O povo não é besta", diz Suíca sobre vaias à Aleluia durante manifestação

O vereador Luiz Carlos Suíca (PT), elogiou a mudança de sigla e comentou as manifestações realizadas no último domingo (13), inclusive, a participação do deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), vaiado durante discurso na Barra. [Leia mais...]

[
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 14 de Março de 2016 ⋅ 12:34

Presente na cerimônia que oficializou o ingresso do deputado federal Antônio Brito e o vereador Edvaldo Brito ao Partido Social Democrático (PSD), nesta segunda-feira (14), no Centro Cultural da Câmara, o vereador Luiz Carlos Suíca (PT), elogiou a mudança de sigla e comentou as manifestações realizadas no último domingo (13), inclusive, a participação do deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), vaiado durante discurso na Barra.

"Prestigiar Edvaldo Brito é quase que uma tarefa institucional. É um grande amigo, grande vereador, tem um trabalho interessante na Câmara de Vereadores, então é um ícone da política baiana. Ele saindo do PTB e vindo para o PSD, as razões só ele sabe, talvez para buscar novos horizontes e é bom que fortalece a base do governador Rui Costa", afirmou.

Suíca disse que as manifestações acontecem por falta de resposta do Congresso. "Lógico que as pesquisas apontaram que a manifestação de ontem foi bem maior que no ano passado. Isso porque o próprio Congresso não conseguiu dar resposta as ruas, ao que as pessoas querem, que é o combate a corrupção. A questão da saúde, educação aí e você não vê resposta do Congresso", disse.

Em relação aos candidatos de oposição que foram mal recebidos nos protestos, Suíca disparou: "O povo não é mais besta!". "Quem quis se oportunizar disso foi vaiado, o caso de Aécio Neves, Alckimin, Aleluia aqui, não adianta porque o povo não é besta. No dia 18 o PT está convocando nosso movimento, o sindicato, vai fazer isso também por um Brasil melhor pra garantir mais direitos em favor da democracia e contra as injustiças", finalizou.

 

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment