Política

Janot deu aval para que áudios de Lula fossem divulgados

Investigadores da Operação Lava Jato avisaram ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre os conteúdos dos áudios das gravações feitas pela Polícia Federal que revelaram conversas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com aliados. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Janot deu aval para que o material fosse divulgado. [Leia mais...]

[Janot deu aval para que áudios de Lula fossem divulgados]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Março de 2016 ⋅ 14:57

Investigadores da Operação Lava Jato avisaram ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre os conteúdos dos áudios das gravações feitas pela Polícia Federal que revelaram conversas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com aliados. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Janot deu aval para que o material fosse divulgado. Só assim, os agentes pediram o fim do sigilo sobre a investigação contra o petista.

De acordo com a Folha, investigadores de Curitiba afirmaram que integrantes do grupo da Procuradoria-Geral da República (PGR) foram os  primeiros avisados sobre a existência e o conteúdo geral dos áudios envolvendo Lula. O material foi levado imediatamente a Janot, que, da Suíça, onde estava em viagem oficial, deu o sinal verde para procuradores de Curitiba pedirem o fim do sigilo.

Questionada pela imprensa, a PGR negou que tivesse conhecimento da existência dos áudios de forma antecipada, isto é, antes de eles virem a público na última quarta.

Notícias relacionadas