Política

Ministro do Esporte troca PRB pelo PROS e decide continuar no governo

Após anunciar que deixaria o PRB, o ministro do Esporte, George Hilton, anunciou oficialmente nesta sexta-feira (18) sua desfiliação do PRB para continuar no governo. Segundo o ministro, a decisão por defender o governo da presidente Dilma Rousseff tem como objetivo manter a "normalidade democrática e solidez das instituições nacionais". [Leia mais...]

[Ministro do Esporte troca PRB pelo PROS e decide continuar no governo]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Março de 2016 ⋅ 22:07

Após anunciar que deixaria o PRB, o ministro do Esporte, George Hilton, anunciou oficialmente nesta sexta-feira (18) sua desfiliação do PRB para continuar no governo. Segundo o ministro, a decisão por defender o governo da presidente Dilma Rousseff tem como objetivo manter a "normalidade democrática e solidez das instituições nacionais". A mudança ocorreu após o partido confirmar a saída da base aliada do governo.

Com a decisão, Hilton permanece no comando da pasta e à frente dos preparativos para a realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Hilton é deputado e pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Ele foi nomeado na cota que coube ao PRB no ministério, no início de 2015. Desde que foi anunciado para o posto, foi criticado por diversos setores ligados ao esporte por não ter um histórico de trabalho relacionado com alguma prática esportiva.

Notícias relacionadas

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment