Política

Presidente da comissão do impeachment analisa denúncias contra Dilma

Em reunião neste sábado (19), o presidente da comissão especial do impeachment na Câmara, deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF), juntamente com os técnicos da Casa, se unem para ler as 6.000 páginas da denúncia que pede o afastamento da presidente Dilma Rousseff.[Leia mais...]

[Presidente da comissão do impeachment analisa denúncias contra Dilma ]
Foto : Agência Câmara

Por Gabriel Nascimento no dia 19 de Março de 2016 ⋅ 15:48

Em reunião neste sábado (19), o presidente da comissão especial do impeachment na Câmara, deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF), juntamente com os técnicos da Casa, se unem para ler as 6.000 páginas da denúncia que pede o afastamento da presidente Dilma Rousseff. A comissão foi instalada na última quinta-feira (17), após a eleição dos seus 65 integrantes. Dilma tem 10 sessões plenárias para apresentar a sua defesa. O prazo começou a ser contado na última sexta-feira (18).

Ao fim desse prazo, o relator terá que apresentar um parecer em até cinco sessões. Uma vez votado na comissão, segue para o plenário da Câmara. Se for aprovada a abertura do processo, vai para o Senado, onde será analisado o mérito da denúncia. Rosso explicou que convocou um grupo de servidores especialistas em temas como orçamento, contabilidade pública, legislação e regimento interno para se inteirar por completo do processo. O plano dele é passar o fim de semana debruçado sobre o processo para ser preparar para a sessão da próxima segunda-feira (21), marcada para que o relator, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), apresente um roteiro de trabalho.

Notícias relacionadas