Política

Deputados perdem a linha e batem boca em grupo de WhatsApp

Em um movimentado grupo de WhatsApp os deputados estaduais Marcell Moraes (PV) e Eduardo Salles (PP) voltaram a bater boca na manhã desta terça-feira (22). [Leia mais...]

[Deputados perdem a linha e batem boca em grupo de WhatsApp]
Foto : Arte Metropress

Por Matheus Morais no dia 21 de Março de 2016 ⋅ 10:35

Em um movimentado grupo de WhatsApp os deputados estaduais Marcell Moraes (PV) e Eduardo Salles (PP) voltaram a bater boca na manhã desta segunda-feira (21). Salles disse que não vai retirar o processo que move contra Moraes, a menos que ele peça desculpas: “Só vou retirar se ele me pedir desculpas. Se ele se desculpar eu tiro. Como ele disse que não vai se desculpar e ao contrário, repetiu novamente a acusação infundada, eu vou até o fim e vou doar a indenização a uma instituição filantrópica”, disse o pepista.

Salles entrou com uma ação contra o colega na Casa após ser acusado de ter responsabilidade na morte de um cavalo premiado que foi eletrocutado durante a 28ª Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro), em novembro do ano passado. 

Marcell Moraes, por sua vez, rebateu: “Você vai perder na justiça e eu processar você. Não quero que retire tudo o que disse. Vamos pra frente”, afirmou. Para completar, o verde ainda provocou o colega: “Abraços, Dudu”. Salles respondeu imediatamente: “Abraços amigo, vamos para frente”.  

Moraes ainda continuou ironizando Eduardo Salles: “Vamos sim, ex-secretário”. O parlamentar então respondeu, também com ironia: “Ok, ex-gerente do zoológico”. 

Notícias relacionadas

[Economista é indicado para assumir Enem]
Política

Economista é indicado para assumir Enem

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 15:55 em Política

Teixeira é professor da PUC-Rio nos cursos de graduação e pós-graduação em Administração

[Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil ]
Política

Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil 

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:56 em Política

Nas ações, são citados o presidente do partido na Bahia, Everaldo Anunciação e Ivan Alex Teixeira Lima, secretário de Finanças