Política

OAB anuncia que entrará com segundo pedido de impeachment na Câmara

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou que irá protocolar na próxima segunda-feira (28), na Câmara dos Deputados, novo pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A Ordem afirmou que incluirá as acusações feitas contra a petista pelo senador Delcídio do Amaral (atualmente sem partido) em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato. O ex-líder do PT no Senado teve delação premiada homologada no Supremo Tribunal Federal (STF). [Leia mais...]

[OAB anuncia que entrará com segundo pedido de impeachment na Câmara]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 23 de Março de 2016 ⋅ 20:01

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou que irá protocolar na próxima segunda-feira (28), na Câmara dos Deputados, novo pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A Ordem afirmou que incluirá as acusações feitas contra a petista pelo senador Delcídio do Amaral (atualmente sem partido) em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato. O ex-líder do PT no Senado teve delação premiada homologada no Supremo Tribunal Federal (STF).

Para a OAB, a delação de Delcídio, foi considerada como fundamental para o apoio da Ordem à cassação do mandato de Dilma. O petista afirmou que a presidente teria tentado interferir nas investigações da Operação Lava Jato em ao menos três vezes. O pedido da entidade também trará as denúncias sobre as pedaladas fiscais e a renúncia fiscal autorizada para a realização da Copa do Mundo de 2014.

Com isso, caberá ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidir se aceita ou não o pedido formulado pela OAB. Caso isso aconteça, deverá ser criada uma uma nova comissão de deputados para analisar o pedido de impeachment, o que possivelmente só aconteceria após o resultado dos trabalhos da primeira comissão.

Notícias relacionadas

[ Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens]
Política

Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:40 em Política

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), as mudanças na legislação visam a fortalecer o combate à corrupção e ao crime organizado