Política

Geddel acredita que PMDB vai romper com governo: “Ampla maioria”

Um dos maiores oposicionistas ao governo de Dilma Rousseff (PT), o presidente estadual do PMDB e ex-ministro, Geddel Vieira Lima, acredita que o partido vai romper totalmente e sair da base de sustentação da petista. [Leia mais...]

[Geddel acredita que PMDB vai romper com governo: “Ampla maioria”]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 28 de Março de 2016 ⋅ 10:13

Um dos maiores oposicionistas ao governo de Dilma Rousseff (PT), o presidente estadual do PMDB e ex-ministro, Geddel Vieira Lima, acredita que o partido vai romper totalmente e sair da base de sustentação da petista. Geddel, que está embarcando para Brasília na manhã desta segunda-feira (28), participa da reunião decisiva para a permanência ou não do PMDB no governo federal, que acontece na tarde de terça-feira (29). 

“Eu não tenho dúvida que, amanhã, o partido se afasta desse governo. Eu defendo essa tese desde 2010. O partido se afasta e procura um contato cada vez maior com a sociedade. Não tenho dúvida nenhuma que o resultado, amanhã, será amplamente favorável para o afastamento do governo. Será com ampla maioria”, disse em entrevista ao Metro1, na manhã desta segunda-feira (28). 

Para o peemedebista, o encontro da sigla, em Brasília, é decisivo para o Brasil. “Esse ciclo acabou, chegou ao fim. Vamos procurar agora uma saída que aponte novos rumos para o país. O Brasil não pode continuar desse jeito, desgovernado, sem iniciativa, sem esperança, sem expectativa, sem sinalização e sem futuro. A situação está muito ruim, não há quem aguente mais isso”, completou. 

Notícias relacionadas

[ Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens]
Política

Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:40 em Política

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), as mudanças na legislação visam a fortalecer o combate à corrupção e ao crime organizado