Política

Lava Jato: MPF pede prisão preventiva de ex-diretor da Odebrecht

O Ministério Público Federal pediu nesta quarta-feira(24) ao juiz federal Sérgio Moro a prisão preventiva do ex-diretor da Odebrecht Alexandrino Alencar. Ele cumpre prisão temporária desde sexta-feira (19), cujo período vence nesta quarta-feira.[Leia mais...]

[Lava Jato: MPF pede prisão preventiva de ex-diretor da Odebrecht]
Foto : Reprodução/Estado de S. Paulo

Por Matheus Simoni no dia 24 de Junho de 2015 ⋅ 18:07

O Ministério Público Federal pediu nesta quarta-feira(24) ao juiz federal Sérgio Moro a prisão preventiva do ex-diretor da Odebrecht Alexandrino Alencar. Ele cumpre prisão temporária desde sexta-feira (19), cujo período vence nesta quarta-feira. No pedido, o MPF afirma existirem provas concretas de que o ex-diretor, que pediu afastamento da empresa após ser preso, atuava no pagamento de propina para obter contratos com a Petrobras. Ainda segundo a acusação, mesmo com o afastamento de Alexandrino de suas funções na empresa, ele deve continuar preso.

O MPF considera que o ex-diretor ainda tem influência para interferir na investigação. "A prova coligida aponta para o fato de que Alexandrino, enquanto diretor da Odebrecht, portanto sob as ordens de seu presidente, Marcelo Bahia Odebrecht, reunia-se com o Alberto Youssef e José Janene para negociar o pagamento de propina dirigida ao grupo político que se beneficiava dos contratos firmados com a Petrobras", diz o MPF.

Notícias relacionadas