Política

Marcelo Nilo: 'Chance de sair do PDT é de 99,99%'

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), está com a saída do partido quase celada. Em entrevista ao Tribuna da Bahia, ele afirmou que a chance de desfiliação é de 99,99% e seu destino deve mesmo ser o Partido Liberal (PL), que ainda não foi criado. [Leia mais...]

[Marcelo Nilo: 'Chance de sair do PDT é de 99,99%']
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Juliana Almirante no dia 29 de Junho de 2015 ⋅ 08:22

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), está com a saída do partido quase celada. Em entrevista ao Tribuna da Bahia, ele afirmou que a chance de desfiliação é de 99,99% e seu destino deve mesmo ser o Partido Liberal (PL), que ainda não foi criado. A saída de Nilo foi causada pela sua disputa com o presidente da legenda no estado, o deputado federal Félix Mendonça (PDT).

“O PDT preferiu ficar com a proposta do deputado Félix Mendonça. Consequentemente, não tive outra saída a não ser sair do partido. Agora, quero sair pela mesma porta que entrei”, disse Nilo. “A chance de sair do PDT diria que é 99,99%, só falta ter uma conversa com [Carlos] Lupi, com quem tenho uma relação muito boa, mas mostrarei a ele que não tenho mais condições de permanecer em um partido com o presidente que nem me cumprimenta”, afirmou o presidente da Assembleia.

Nilo conta que fez uma proposta ao presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, que ficou de responder no prazo de oito dias. “Mas já se passaram 40 dias e até agora ele não me respondeu. Consequentemente, eu estou livre para sair e tomar meu rumo político, desejando sucesso e agradecendo ao PDT pelo período que fiquei”, declarou.  Com a opção de ir ao futuro PL, ele afirma que a previsão é de que até o início de agosto o novo partido esteja consolidado. “Nove ou dez deputados estaduais já me garantiram que seguirão comigo para o PL. Alguns do PDT e outros de diferentes partidos. Vai depender muito do período em que o PL irá se formalizar. Se for concretizado no início de agosto, o PL terá em torno de dez deputados [estaduais]”, afirmou.

Notícias relacionadas

[Haddad diz que não vai conceder indulto a Lula]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Haddad diz que não vai conceder indulto a Lula

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 18 de Setembro de 2018 ⋅ 10:00 em Política

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o ex-ministro José Dirceu já se manifestaram a favor de que o ex-presidente seja perdoado