Política

"Se ele vier para o PMDB será candidato do PMDB”, diz Geddel sobre Neto

O presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima comentou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (01) a ida do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM)para PMDB.

[
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Milene Rios e Juliana Almirante no dia 01 de Julho de 2015 ⋅ 08:21

O presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima comentou, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (01) a ida do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM)  para PMDB.

“Tive duas conversas com Neto sobre o assunto e nehuma delas conclusivas. Disse a ele que as portas do PMDB estariam abertas. Apesar de toda especulação, não foi batido martelo nenhum. ACM Neto não teve nenhuma conversa em Brasília, foi tudo a nível de Bahia”. 

Geddel falou ainda do possível apoio à Neto, na reeleição para a prefietura de Salvador. “Não houve nenhum assunto tratado com ACM Neto em torno de composição, até porque está muito cedo. Ele disse que é preciso aguardar ainda o fim da votação da reforma política para avaliar fatores que podem influenciar na eleição ano que vem. É precoce, é cedo porque na medida que não se tem todas as variáveis na mesa ainda [...]. Se ele vier par ao PMDB será candidato do PMDB e pelo PMDB”, pontuou o ex-ministro. 

 

Notícias relacionadas

[Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país ]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 10:00 em Política

Presidenciável ressaltou que, embora seja visto como um político de "esquerda", ele defende a união entre "o Brasil que produz com o Brasil que trabalha".

[STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa]
Política

STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa

Por Matheus Simoni no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 14:40 em Política

Condenação se deu por causa de irregularidades na contratação da Fundação Humanidade Amiga (Fhunami), feita no período em que petista foi prefeito em Camaçari