Política

Geddel sobre relação entre PT e PMDB: "está no limite, não dá mais"

Geddel aproveitou o ensejo pra comentar a decepção da população com as medidas fiscais, aumento dos juros e desemprego: “A Dilma e o governo do PT perderam a credibilidade à base de mentiras muito claras. A população que votou na Dilma entendeu que ela não faria nada disso”.

[Geddel sobre relação entre PT e PMDB:
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Milene Rios no dia 01 de Julho de 2015 ⋅ 08:28

Durante entrevista à Rádio Metrpópole, na manhã desta quarta-feira (01), o ex-ministro da integração Nacional e presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima, fez críticas à presidente Dilma Roussef e declarou que a aliança entre PT e PMDB no cenário nacional não deve durar por muito tempo.

“Essa relação PT e PMDB a nível nacional, está no limite, se auzarindo, não dá mais. Primeiro pela essência de quem comanda o governo, que é a presidente Dilma. Ela é autoritária. Ela se mostra despreparada. Os quatro anos iniciais foi o preparo do caos, implantar a política econômica que está dando no que está aí agora. Ela fazia tudo impulsivamente”, disse o peemedebista.

Geddel aproveitou o ensejo pra comentar a decepção da população com as medidas fiscais, aumento dos juros e desemprego: “A Dilma e o governo do PT perderam a credibilidade à base de mentiras muito claras. A população que votou na Dilma entendeu que ela não faria nada disso”.

Se PT e PMDB romper: “o PT não se afasta porque eles são 'peemedependentes'. Eles não se afastam porque caem, não tem credibilibilidade junto à nação”, declarou Geddel. 

Notícias relacionadas

[MPE acusa frase 'Haddad é Lula' de confundir eleitor]
PolíticaELEIÇÕES 2018

MPE acusa frase 'Haddad é Lula' de confundir eleitor

Por Marina Hortélio no dia 20 de Setembro de 2018 ⋅ 18:24 em Política

Ministério Público Eleitoral solicitou a supressão da propaganda, aplicação de multa e ressarcimento aos cofres públicos