Política

Bellintani é contra redução da maioridade: "Mudança deve acontecer nas escolas"

O secretário de Educação de Salvador, Guilherme Bellintani, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole, durante a comemoração do Dois de Julho, que é pessoalmente contrário à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos em alguns crimes. [Leia mais...]

[Bellintani é contra redução da maioridade:
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Juliana Almirante no dia 02 de Julho de 2015 ⋅ 09:14

O secretário de Educação de Salvador, Guilherme Bellintani, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole, durante a comemoração do Dois de Julho, que é pessoalmente contrário à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos em alguns crimes. A medida foi aprovada na Câmara Federal e ainda precisa ser votada em segundo turno na mesma Casa e no Senado.

“Primeiro, eu não sou de ficar em cima do muro. Eu sou contratio à redução da maioridade”, declarou. “É uma dicussão que finge resolver o problema. A gente tem um índice pequeno de homídios causados por menores. O enfrentamento principal é da segurança pública (…) Não quero fugir do meu papel como secretário e acho que a principal mudança deve acontecer nas escolas”, completou.

Notícias relacionadas