Política

Kátia Alves propõe moção de repúdio a ex-secretário Almiro Sena

De acordo com a vereadora, é preocupante o fato de uma parcela da sociedade ainda tentar relativizar a gravidade de casos como esse

[Kátia Alves propõe moção de repúdio a ex-secretário Almiro Sena]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Morais no dia 20 de Maio de 2015 ⋅ 10:40

A vereadora Kátia Alves propôs uma moção de repúdio ao ex-secretário estadual de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena, no plenário da Câmara, na sessão desta terça-feir (19). "Como pode o secretário do governo petista, que deveria se empenhar para garantir o respeito aos direitos humanos, ser acusado de assédio sexual e de estupro, por sete servidoras, e ainda estar solto?", questionou. 

De acordo com a vereadora, é preocupante o fato de uma parcela da sociedade ainda tentar relativizar a gravidade de casos como esse. "O que escutamos por aí é que as mulheres usavam roupas curtas, provocantes, transformando as vítimas dos abusos sexuais em algozes. Acham que isso é normal? A Câmara deve se posicionar e fazer uma moção de repúdio ao ex-secretário de Wagner, Almiro Sena", propôs. 

Notícias relacionadas

[Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país ]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 10:00 em Política

Presidenciável ressaltou que, embora seja visto como um político de "esquerda", ele defende a união entre "o Brasil que produz com o Brasil que trabalha".

[STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa]
Política

STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa

Por Matheus Simoni no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 14:40 em Política

Condenação se deu por causa de irregularidades na contratação da Fundação Humanidade Amiga (Fhunami), feita no período em que petista foi prefeito em Camaçari