Política

CPI da Petrobras: Hage defende maior controle das estatais durante depoimento

Durante depoimento na CPI da Petrobras, nessa segunda-feira (7), o ex-ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) Jorge Hage defendeu o maior controle sobre as estatais como forma de evitar fraudes e ilegalidades. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Bárbara Silveira no dia 07 de Julho de 2015 ⋅ 12:10

Durante depoimento na CPI da Petrobras, nessa segunda-feira (7), o ex-ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, defendeu o maior controle sobre as estatais como forma de evitar fraudes e ilegalidades. Segundo Hage, as estatais não integram o sistema de controle do Executivo e não usam mecanismos que permitem o monitoramento.

“Tudo isso já retira a possibilidade do monitoramento que teria um caráter preventivo. Hoje, apenas depois que ocorre o problema é que os órgãos de controle atuam na face repressiva”, explicou. O ex-ministro disse que a Constituição prevê um estatuto independente dessas empresas e explicou que isso permitiria um maior controle. “Nas estatais, têm auditoria interna, mas ela não responde ao órgão central do sistema, apenas tem que seguir orientações técnicas”, acrescentou .

 

Notícias relacionadas