Política

Rui ataca Neto em discurso pró-Isidório: "Menininho rico criado em play"

Sem citar o prefeito ACM Neto (DEM), o governador Rui Costa falou, nesta quinta-feira (4), durante convenção do deputado Pastor Sargento Isidório (PDT) a prefeito de Salvador, realizado em Periperi, que o deputado não é "dono de televisão", nem menino rico "criado em playground". [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Jessica Galvão e Matheus Morais no dia 04 de Agosto de 2016 ⋅ 18:33

Sem citar o prefeito ACM Neto (DEM), o governador Rui Costa falou, nesta quinta-feira (4), durante convenção do deputado Pastor Sargento Isidório (PDT) a prefeito de Salvador, realizado em Periperi, que o deputado não é "dono de televisão", nem menino rico "criado em playground".

"Salvador é uma das piores capitais do Brasil em postos de saúde. Não tem nenhuma cidade do interior da Bahia com esse número ridículo de postos de saúde que Salvador tem. Fale com alma do povo e de prioridade a cuidar da vida das pessoas. Nós temos que pensar em obras que gerem emprego. Isidório, pode contar comigo. Aqui nós fizemos o Hospital do Subúrbio, um dos melhores hospitais do país. Você escolheu a região da cidade onde vamos tirar os trens velhos e botar trens novos. Vamos fazer também uma policlínica em Escada. Pode contar com o governo do estado. Você não precisa seguir o padrão que eles querem. Você não é dono de rede de televisão, não é menininho rico criado em playground. Seja você mesmo. Salvador precisa de um prefeito que cuide de gente. Você talvez tenha sido a campanha de estadual mais barata de 2014 e você foi o deputado estadual  mais votado de Salvador, da história de Salvador. Eles acham que é doido alguém que vive com a Bíblia na mão falando a palavra de Deus e com um botijão. Salvador precisa de muitos doidos como você", falou Rui.

Leia também:

>>Rui aconselha Isidório: "Não saia do sério mesmo que seja provocado"
>>"Espero que ele não passe do limite", diz Félix Jr. sobre Sargento Isidório
>>Vereador José Trindade diz que atual prefeito "faz pouco pela cidade"

Notícias relacionadas

[‘O Estado brasileiro matou Marielle’, afirma viúva da vereadora]
Política

‘O Estado brasileiro matou Marielle’, afirma viúva da vereadora

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 18 de Dezembro de 2018 ⋅ 09:10 em Política

"A política não aceita uma mulher preta, favelada, lésbica. Esse contexto é dramático é pode colocar outras vidas em risco”, declarou ela, em entrevista a Mário Kertész