Política

Rui enaltece jeito comunicativo de Isidório: "Extraordinário"

Durante o evento que lançou a chapa do deputado Pastor Sargento Isidório (PDT) e o ex-deputado Luiz Bassuma (PROS), como respectivos candidatos aos cargos de prefeito e vice, realizado nesta quinta-feira (4) [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Luiza Leão e Matheus Morais no dia 04 de Agosto de 2016 ⋅ 20:20

Durante o evento que lançou a chapa do deputado Pastor Sargento Isidório (PDT) e o ex-deputado Luiz Bassuma (PROS), como respectivos candidatos aos cargos de prefeito e vice, realizado nesta quinta-feira (4) em Paripe, o governador do Estado, Rui Costa, enalteceu o jeito de Isidório e apostou em sua candidatura "fortíssimo potencial".

"Eu acredito na candidatura dele através de sua linguagem direta com o povo da periferia, com o povo simples de Salvador, aliás, toda a maioria do povo da Bahia. Se ele acertar na comunicação, com a fala, mesmo com tão pouco tempo que ele vai ter, o resultado vai ser extraordinário.  O povo acha que ele é doido, mas ele está brincando com isso. Ele procura através de expressão corporal, se comunicar com a alma, com o coração das pessoas", disse o governador.

Rui também elogiou o candidato pelo trabalho social que ele realiza, através da instituição Doutor Jesus, que oferece tratamento a cerca de mil de dependentes químicos. "Acho que ele vai levar uma mensagem importante, uma mensagem do que o gestor público deve priorizar numa cidade com as características de Salvador, que é a do cuidado com as pessoas. O trabalho realizado por esse ser humano não existe parecido no Brasil, nem mesmo em clínicas particulares. Ele é uma pessoa daquelas poucas no mundo que Deus escolhe pra se doar ao próximo. Eu acho que ele merece essa festa bonita e com certeza muitos vão se surpreender com o resultado eleitoral dele", declarou.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro será diplomado nesta segunda]
Política

Bolsonaro será diplomado nesta segunda

Por Alexandre Galvão no dia 09 de Dezembro de 2018 ⋅ 17:00 em Política

Os diplomas são assinados pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, que abre a sessão solene e indica dois ministros para conduzirem os eleitos ao plenário