Política

"Quem ganha com a candidatura de Bruno Reis é Salvador", diz Lúcio Vieira Lima

Diferente do irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) preferiu dizer que só soube da escolha do ex-secretário municipal do Combate à Pobreza e deputado estadual Bruno Reis (PMDB) para o posto de vice na chapa de reeleição à prefeitura de Salvador, quando o próprio ACM Neto (DEM) anunciou. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 05 de Agosto de 2016 ⋅ 06:42

Diferente do irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) preferiu dizer que só soube da escolha do ex-secretário municipal do Combate à Pobreza e deputado estadual Bruno Reis (PMDB) para o posto de vice na chapa de reeleição à prefeitura de Salvador, quando o próprio ACM Neto (DEM) anunciou. 

Em contato com o Metro1, ele também comemorou. "Quem ganha com a candidatura de Bruno Reis nao é o PMDB é a cidade de Salvador. Estou em Itapetinga, soube agora há pouco, quando o prefeito [ACM Neto] tornou a informação pública", disse na noite dessa quinta-feira (4).

Neto não se mostrou ansioso para definir a chapa que vai concorrer às eleições municipais de outubro. O democrata, que tinha nomes Luiz Carreira, Silvio Pinheiro e Guilherme Bellintani que poderiam assumir esse posto, fez um grande mistério até bater o martelo. A grande disputa se deu pelo fato de que, se Neto decidir renunciar à Prefeitura para concorrer ao governo em 2018, o vice-prefeito terá a responsabilidade de gerir a capital baiana por dois anos. 

O prazo para os partidos políticos realizarem convenções para a escolha de candidatos a prefeito, vice-prefeito ou vereador e definição de coligações para as eleições de outubro, acaba nesta sexta-feira (04). A do Democratas vai acontecer nesta sexta-feira (05), a partir das 09h, no espaço Unique. 

Notícias relacionadas