Política

Geddel chama chapa de Alice de derrotada: "Correram para achar um vice"

Durante o discurso do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), na convenção do partido Democratas (DEM), na manhã desta sexta-feira (5), o peemedebista elogiou a escolha de Bruno Reis (PMDB) para a vaga de vice na chapa de ACM Neto (DEM), em Salvador. O baiano chegou a fazer uma comparação com a chapa de Alice Portugal (PCdoB), que também é candidata, e tem Maria del Carmen (PT) como vice. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 05 de Agosto de 2016 ⋅ 12:13

Durante o discurso do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), na convenção do partido Democratas (DEM), na manhã desta sexta-feira (5), o peemedebista elogiou a escolha de Bruno Reis (PMDB) para a vaga de vice na chapa de ACM Neto (DEM), em Salvador. O baiano chegou a fazer uma comparação com a chapa de Alice Portugal (PCdoB), que também é candidata, e tem Maria del Carmen (PT) como vice.

"Imbassahy falou aqui que o prefeito ACM Neto praticamente virou a madrugada nas articulações da escolha do vice prefeito. Talvez Neto seja essa - e eu queria colocar para vocês para reflexão - uma primeira grande diferença. Nós tínhamos sugerido o nome de Bruno Reis para candidato a vice prefeito pelas suas qualidades pessoais, pela amizade e lealdade que sempre demonstrou aos projetos do prefeito. Por ter sido também alguém que veio para o PMDB e soube conquistar cada militante, cada homem e cada mulher. Mas imaginávamos que, por sermos o maior partido dessa aliança, do ponto de vista de tempo, televisão, essas coisas todas, seria uma escolha tranquila. Eis que, na última hora, surge uma porção de gente querendo apontar vícios. Isso acontece com candidatura vitoriosa", disse. 

Geddel citou as negociações do prefeito - para escolha do vice - e disse que era a primeira diferença em relação à chapa do governo, "das duas mulheres”. "Enquanto o prefeito teve que virar a noite conversando, gastando saliva e fazendo acordo para finalmente decidir por aquele que - sem nenhum demérito a todos os outros que merecem nossos elogios - é nesse momento o melhor a nos ajudar a vencer às eleições , que é o Bruno. A outra chapa ficou o governador e o ex-governador e a tropa toda com o laço na mão perguntando: quem quer ser vice, quem quer ser vice? O pessoal correndo e não achava um vice até que pegou uma senhora, respeitada, que aceitou o sacrfício. Essa é a diferença, uma candidatura vitoriosa tem disputa por tudo, a que já nasce derrotada é gente correndo para distante porque sabe que Salvador sabe o que quer. E o que Salvador quer nessa hora é Neto de novo", completou.

Notícias relacionadas