Política

Neto ataca Dilma e diz que governo "perseguiu" Salvador por três anos

O prefeito ACM Neto (DEM) fez duras críticas ao governo da presidente afastada, Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (5). Durante a convenção partidária que lotou o espaço Unique, na Tancredo Neves, e oficializou a candidatura à reeleição, o democrata afirmou que a petista promoveu uma "perseguição" contra a cidade e contra os soteropolitanos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 05 de Agosto de 2016 ⋅ 13:34

O prefeito ACM Neto (DEM) fez duras críticas ao governo da presidente afastada, Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (5). Durante a convenção partidária que lotou o espaço Unique, na Tancredo Neves, e oficializou a candidatura à reeleição, o democrata afirmou que a petista promoveu uma "perseguição" contra a cidade e contra os soteropolitanos.

"O que eles fizeram e mais de três anos no governo federal foi perseguir a cidade e o povo de Salvador", disse Neto.

Ele ainda enalteceu a sua gestão durante o período. "Podia passar o dia elencando as obras, mas quero dizer a vocês que cada uma das nossas ações foram sempre pensando nas vidas das pessoas, que é a tarefa maior do prefeito. Por isso que fizemos uma revolução na Saúde. Salvador tinha uma UPA em Periperi que não funcionava. Hoje tem nove", disse ele.

Notícias relacionadas